Mais lidas
Geral

PF prende executivo do Facebook por empresa não liberar dados do WhatsApp

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O executivo Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook para a América Latina, foi preso nesta terça-feira (1º), em São Paulo, pela Polícia Federal. De acordo com o órgão, a prisão foi realizada após mandado expedido por um juiz da cidade de Lagarto, em Sergipe.
O motivo, segundo a Polícia Federal, foi a companhia não colaborar com investigações policiais a respeito de conversas no WhatsApp, que pertence à empresa. Essas investigações tramitam em segredo de Justiça, informou a PF.
A polícia informou que a prisão, que é preventiva, foi realizada na casa do executivo. Procurado, o Facebook não se posicionou sobre o tema até a publicação deste texto.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber