Geral

Ataque suicida deixa ao menos 10 mortos e 40 feridos no Afeganistão

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos 10 civis morreram e 40 ficaram feridos em uma atentado suicida neste sábado (27) próximo a um mercado em Asadabad, capital da província de Kunar, no leste do Afeganistão.
"As dez pessoas que morreram eram civis", declarou Ghani Mosamem, porta-voz do governador de Kunar. Nenhum grupo terrorista reivindicou o atentado até agora.
O atentado aconteceu por volta das 9h30 locais (2h de Brasília) na capital provincial, Asadabad, em uma área situada em frente a um mercado "movimentado", próxima do quartel-general da polícia e do escritório do governador regional, relatou o porta-voz Abdul Ghani Musamem.
Segundo Musamem, o ancião tribal Haji Khanjan morreu no ataque –suspeita-se que ele pode ter sido o alvo do ataque, já que líderes das tribos do país costumam comparecer diariamente ao escritório do governador.
Os feridos foram transferidos para hospitais da região e os mais graves devem ser levados à província vizinha de Nangarhar.
Algumas barracas do mercado ficaram danificadas por causa da explosão, que destruiu várias janelas e atingiu também veículos que estavam na área, segundo o porta-voz.
Por enquanto, nenhum grupo reivindicou a autoria da ação.
Este é o segundo ataque dessas características esta semana no país, depois que 16 pessoas morreram e outras 11 ficaram feridas na última segunda-feira (22) em um atentado suicida dos talibãs contra um grupo de policiais na província de Parwan, também no leste afegão.