Geral

'Obra minha não cai', diz Maluf, após Haddad desistir de demolir viaduto

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após o prefeito Fernando Haddad (PT) desistir de demolir viaduto Santo Amaro, que passa sobre a avenida Bandeirantes (zona sul de São Paulo), o ex-prefeito Paulo Maluf (PP) disse que obra sua não cai nem "com explosão".
O viaduto foi liberado parcialmente quinta-feira (23) para ônibus. No último dia 13, uma batida de dois caminhões causou um incêndio avenida Bandeirantes, sob o viaduto, que foi interditado.
No Facebook, Maluf escreveu na quarta-feira (24) à tarde : "A Prefeitura de São Paulo desistiu de demolir o viaduto Santo Amaro, que é minha obra dos anos 70. Além de ser uma obra boa, pois resistiu a explosão, deixaria a região um caos sem ela. Obra minha não cai nem com explosão". Maluf inaugurou a obra durante a primeira gestão como prefeito de São Paulo, entre 1969 e 1971, designado pelo regime militar.
Haddad chegou a dizer que chance de recuperação da estrutura era de apenas 5%, e que a demolição do viaduto era quase tida como certa. Mas, depois de três laudos contratados, a administração municipal desistiu da ideia.