Mais lidas
Geral

Morre mulher que estava em carro que caiu em córrego na Grande SP

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu na madrugada desta quinta-feira (18) a mulher que estava em um carro que foi arrastado pela enxurrada em Ferraz de Vasconcelos (Grande SP). O nome dela não foi divulgado pela Polícia Civil.
A mulher estava dentro de um veículo na rua Guaianases, tomada pela enxurrada, e foi arrastado para dentro de um córrego, na tarde de quarta (17). Moradores usaram uma retroescavadeira de uma obra próxima para tentar tirar o carro da água.
A vítima ficou por mais tempo presa debaixo do veículo, que foi levado por quase 500 metros antes de o socorro chegar.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, ela sofreu uma parada cardiorrespiratória, foi socorrida em estado grave e levada para o pronto-socorro do Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, onde morreu.
Um homem e uma criança, que também estavam dentro do carro, ficaram feridos e foram levados para o mesmo hospital, mas o estado de saúde deles não foi divulgado.
TRÂNSITO RECORDE
O temporal na tarde desta quarta provocou recorde de lentidão deste ano em São Paulo: 263 km registrados às 18h30 pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).
Três córregos transbordaram, um em Itaquera (zona leste) e os demais no Ipiranga e Cidade Ademar (ambos na zona sul).
A estação Ferraz de Vasconcelos, da linha 11-coral da CPTM, ficou alagada com o temporal e a circulação de trens foi interrompida entre as estações Guaianases e Poá.
Na linha 10-turquesa, a CPTM teve que pedir ajuda de ônibus por causa de um alagamento que interrompeu a circulação entre as estações Mauá e Ribeirão Pires.
A situação nas linhas foi normalizada às 19h22, de acordo com a CPTM.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber