Mais lidas
Geral

Guindaste falha, e Bethânia desfila no chão em festa da Mangueira

.

FELIPE DE OLIVEIRA
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Grande homenageada da Mangueira, campeã do Carnaval do Rio de 2016, a cantora Maria Bethânia enfrentou problemas no desfile das campeãs, realizado na noite deste sábado (13).
Uma falha no guindaste conhecido como Carvalhão impediu que ela fosse erguida ao topo do último carro alegórico.
Após diversas tentativas, até com a ajuda de uma escada, a escola definiu que a cantora desfilaria na pista. Ela cruzou a Sapucaí a pé, acompanhada pelas duas afilhadas, e foi muito aplaudida pelo público nas arquibancadas.
“Deu um problema. Eu vinha realmente no carro, mas foi uma delícia. Adorei. Vi grandes amigos e pessoas lindas até essa hora da manhã, apaixonadas pelo carnaval, reverenciando a Mangueira e me aplaudindo. Estou muito feliz”, disse Bethânia ao fim do desfile.
POR UM DÉCIMO
Com 269,8 pontos de 270 possíveis, a Mangueira superou por apenas um décimo as escolas Unidos da Tijuca e Portela, que ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente.
“É muita emoção ser a campeã entre tantas escolas tão lindas. Tem que ter as escolas tradicionais no pódio sempre”, disse aos prantos Júnior Schall, diretor de Carnaval da Mangueira.
Última a desfilar na segunda-feira (8), a escola cantou a vida e a carreira de Maria Bethânia. O desfile homenageou o orixá da cantora, Iansã, e refletiu o sincretismo religioso, com carros dedicados a Oyá e um altar de devoção católica.
O samba rápido e de refrão fácil foi pescado rápido pela plateia, que cantou junto. Participaram do desfile Caetano Veloso, irmão da cantora, e outros artistas como Adriana Calcanhotto, Zélia Duncan, Ana Carolina e Renata Sorrah.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber