Mais lidas
Geral

Banda sergipana Calcinha Preta toca forró eletrônico em ritmo de axé em Salvador

.

JOÃO PEDRO PITOMBO
SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - “Você não vale nada, mas eu gosto de você. Você não vale nada, mas eu gosto de você.” No lugar da tradicional sanfona, uma percussão forte dá o ritmo de axé à música.
A banda de forró Calcinha Preta foi uma das principais atrações nesta segunda-feira (8) no circuito do Campo Grande, em Salvador, no comando do bloco Cheiro, um dos mais tradicionais da folia baiana.
Na avenida, fãs da banda sergipana de forró eletrônico traziam calcinhas pretas nas mãos.
O grupo, comandado pelos cantores Paulinha Abelha, Silvânia Aquino, Marlus Viana e Bell Oliver, tocou músicas próprias, clássicos do axé e sucessos do “arrocha”.
Um dos expoentes do gênero marcado pela “sofrência”, o cantor Tayrone fez uma participação no desfile da Calcinha Preta cantando a música “Alô, Porteiro”.
Ainda passam pelo circuito do Campo Grande Psirico, Igor Kannário e a banda Vingadora, do hit “Paredão Metralhadora”.
A banda Cheiro de Amor, que costumava puxar o bloco Cheiro nas segundas de Carnaval, saiu num trio sem cordas, de graça para o público.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber