Mais lidas
Geral

Governo mobiliza escolas e universidades para combater o zika

.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Ministério da Educação prepara uma ação maciça para envolver professores e estudantes no combate ao vírus da zika. Além de campanha educativa em veículos de comunicação, a ideia é ter a adesão de universidades e institutos federais, além de entidades de escolas privadas.
Nesta semana, a pasta vai reunir secretários de educação dos 115 municípios com maior risco de epidemias de dengue, zika e chijungunya, já mapeados pelo Ministério da Saúde. "Não há uma força social mais forte no país do que a educação. São 60 milhões de brasileiros organizados em sala de aula", disse o ministro Aloizio Mercadante (Educação), nesta terça-feira (2), ao reunir entidades de ensino em Brasília.
Ele defendeu a inspeção para combater focos do mosquito em escolas e universidades a cada 15 dias. Mercadante disse ainda que a pasta vai enviar cartas, nos próximos dias, a secretários de educação, diretores, professores e pais de estudantes para alertar sobre os riscos da doença. No dia 19 deste mês, os ministros da Esplanada devem ir a escolas para destacar o problema.
"Nossa expectativa é que crianças dos anos finais [do fundamental] e do ensino médio saiam para a rua e façam mobilização no entorno [das escolas]", disse o ministro.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber