Mais lidas
Geral

Governo pede pressa a fabricantes por detalhes técnicos de repelentes

.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em encontro com fabricantes de repelentes, nesta quarta-feira (27), o governo federal pediu agilidade na resposta sobre aspectos técnicos dos produtos –a intenção é fazer a compra para grávidas do programa Bolsa Família.
Os ministros Jaques Wagner (Casa Civil) e Marcelo Castro (Saúde) se reuniram na manhã desta quarta com cerca de 30 representantes do setor. A partir desse primeiro contato, a intenção é obter informações sobre questões como preço, capacidade de fabricação das empresas e fator de proteção do produto, que será usado como resposta à epidemia de zika no país.
Foi sugerido, por exemplo, que o produto ofereça uma proteção por até quatro horas para as gestantes. A expectativa é que a resposta ao questionário técnico, entregue pelo governo aos fabricantes, seja dada ainda nesta semana.
Não foi fixado, entretanto, um prazo para aquisição e distribuição de repelentes. Segundo o ministro da Saúde, o programa Bolsa Família contempla hoje um universo de 400 mil gestantes.
Durante a reunião, no Palácio do Planalto, fabricantes ponderaram que houve um aumento pela procura do produto, não apenas no Brasil mas por países da região, onde já houve registro de casos de zika.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber