Mais lidas
Geral

Alvo de escândalos, hotel de Cristina Kirchner sofre princípio de incêndio

.

LUCIANA DYNIEWICZ
BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) - O hotel de luxo Alto Calafate, propriedade da família da ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner, teve um princípio de incêndio na tarde desta quarta-feira (13). O incêndio, que começou na área da cozinha, foi controlado e não há feridos.
Localizado na região da Patagônia, o empreendimento é alvo de investigações por suspeita de lavagem de dinheiro. Há rumores de que o empresário Lázaro Báez pagava diárias fictícias ao grupo Hotesur, do qual o Alto Calafate faz parte.
Segundo o jornal "Clarín", durante quatro anos, 16 milhões de pesos (R$ 4,76 milhões) foram repassados para a família presidencial. Báez controla a Austral Construções, empresa contratada pelo governo Kirchner para a realização de várias obras.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber