Mais lidas
Geral

Atirador tentou matar policial por lealdade ao EI nos EUA, diz polícia

.

THAIS BILENKY
NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) - Um homem de 30 anos acusado de atirar contra um policial na noite de quinta-feira (7) na cidade americana da Filadélfia jurou lealdade ao Estado Islâmico (EI), afirmaram autoridades locais.
"Ele prometeu fidelidade ao Estado Islâmico, disse que seguia Alá e essa era a razão para sua ação", disse o chefe da polícia municipal, Richard Ross, em entrevista na sexta-feira (8). "Ele tentava assassinar o policial."
O policial Jesse Hartnett, 33, que dirigia uma viatura, atirou de volta e o suspeito foi detido. Mais de dez tiros foram disparados, três dos quais acertaram o policial.
Hartnett foi submetido a cirurgias e está em estado crítico, porém estável, em um hospital local.
Segundo Ross, a polícia local e o FBI (polícia federal americana) investigam o caso.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber