Mais lidas
Geral

Presidente francês homenageia vítimas do ataque ao 'Charlie Hebdo'

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente francês, François Hollande, deu início nesta terça-feira (6) às cerimônias de recordação dos atentados de janeiro de 2015 em Paris, prestando homenagem às vítimas do ataque contra a redação do semanário satírico "Charlie Hebdo".
Acompanhado por familiares das vítimas, pelo premiê Manuel Valls e pela prefeita de Paris, Anne Hidalgo, Hollande inaugurou duas placas em homenagem às 11 pessoas mortas por terroristas na sede do semanário e a um policial que morreu nas redondezas durante o ataque, em 7 de janeiro de 2015.
Uma das placas diz: "Em memória das vítimas do ataque terrorista contra a liberdade de expressão".
Também está programada a inauguração de uma placa perto do supermercado kosher onde, dois dias mais tarde, quatro pessoas foram mortas em uma tomada de reféns.
Na quarta-feira (6), irá as bancas uma edição especial do "Charlie Hebdo", marcando o primeiro aniversário do ataque contra sua redação. Na capa, será estampada uma charge de Deus ensanguentado portando um rifle, sob o título: "O assassino ainda está solto."
A capital francesa foi alvo de novos ataques em 13 de novembro, quando radicais supostamente ligados à milícia Estado Islâmico mataram 130 pessoas em bares, restaurantes e uma casa de shows. Após os atentados, o governo reforçou a segurança e estabeleceu um estado de emergência de três meses.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber