Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Primeiro-ministro britânico visita cidade afetada por enchentes

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro britânico, David Cameron, visitou nesta segunda (28) a cidade de York, no norte da Inglaterra, afetada por enchentes decorrentes das fortes chuvas que atingem a região.
Além de York, onde 3.500 famílias foram removidas, outras grandes cidades inglesas também foram atingidas, como Leeds e Manchester. Na região metropolitana desta última, um prédio chegou a desmoronar.
"Vamos ver onde é necessário fazer mais e onde as barragens contra enchentes precisam ser refeitas mais altas, é isso o que vamos observar exatamente, disse o premiê durante a visita.
Cameron também se comprometeu a gastar 2,3 bilhões de libras (US$ 3,4 bilhões) nos próximos seis anos em proteção contra alagamentos.
Partes da Escócia e do País de Gales também foram atingidas.
David Rooke, vice-chefe-executivo da Agência de Meio Ambiente, que comanda a resposta aos alagamentos afirmou à rádio BBC que é preciso repensar a estratégia para desastres do tipo.
"Nós estamos saindo dos [eventos] extremos conhecidos em direção a extremos desconhecidos", disse Rooke.
Segundo a Agência de Meio Ambiente, houve uma pausa nas chuvas nesta segunda e parte dos níveis dos rios da região estão estáveis ou abaixando. Mais chuva está prevista, no entanto, para os próximos dias.
Soldados britânicos foram deslocados para auxiliar equipes de emergência a retirar residentes das regiões afetadas. Milhares permanecem sem luz elétrica.
As autoridades do Reino Unido emitiram, no total, 24 alertas "severos" de enchente -ou seja, que implicam em risco de morte- e centenas de outros alertas menos graves.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber