Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Igreja fará mutirões noturnos no Nordeste para alertar sobre Aedes aegypti

.

KLEBER NUNES
RECIFE, PE (FOLHAPRESS) - A Igreja Católica vai reforçar as ações de combate ao Aedes aegypti até então restritas a sermões dos sacerdotes durante as missas. Voluntários, chamados de ‘anjos‘, realizarão mutirões à noite e nos fins de semana para conscientizar os moradores sobre a necessidade de eliminação dos focos do mosquito.
Além disso, a Pastoral da Saúde anunciou na manhã desta terça-feira (15), no Recife, o lançamento de um prêmio para as melhores iniciativas de eliminação do inseto.
O edital com todas as regras da edição especial do Prêmio Pastoral da Saúde será lançando na próxima semana. Poderão participar moradores dos Estados que compõem o Regional Nordeste 2 da CNBB ­ Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte ­, os mesmos que concentram os casos de dengue, chikungunya e zika. O vírus zika está relacionado a casos de microcefalia, uma má-formação cerebral que pode prejudicar o desenvolvimento da criança.
Para custear as ações da igreja, o Banco do Brasil criou uma conta para doações (Agência: 2802-9 Conta corrente: 10.00.10-1). Segundo o coordenador regional da Pastoral da Saúde, Vandson Holanda, os recursos ajudarão a promover eventos e oficinas de capacitação de voluntários nas 22 dioceses envolvidas.
‘Qualquer pessoa poderá fazer um depósito. As doações serão direcionadas para pequenas ações de conscientização, como mutirões de limpeza em bairros e capacitação de voluntários. Nossa prioridade será as localidades com o maior número de casos de doenças ligas ao Aedes aegypti‘, afirmou Holanda.
De acordo com o Ministério da Saúde, dos 2.165 casos suspeitos de microcefalia relacionado ao vírus zika, notificados até o último dia 12, 1.404 estão concentrados nos quatro Estados alvos da estratégia da igreja.
Além disso, Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte sofrem com o crescimento de ocorrências de dengue e chikugunya ­algumas cidades decretaram estado de emergência. Só nas capitais, segundo levantamento feito pela reportagem, são quase 40 mil notificações de dengue, com Recife no topo do ranking, registrando 26.379 suspeitas até agora. Da febre chikugunya, há mais de 150 notificações nas quatro capitais.
A premiação às iniciativas mais criativas e eficazes de combate ao mosquito será realizada na Semana Mundial da Água, em março do ano que vem. ‘Já formamos a equipe que vai catalogar esses projetos. No momento, estamos terminando os detalhes de como os interessados poderão divulgar suas ações, em qual plataforma receberemos essas informações‘, disse Holanda.
‘Esse é um desdobramento de uma parceria da igreja com o Banco do Brasil e os poderes públicos. Vamos continuar com as ações nas paróquias ajudando a sensibilizar o maior número possível de pessoas‘, afirmou o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido.
MICROCEFALIA
O cancerologista Drauzio Varella reforçou o conselho para que as mulheres evitem a gravidez até que sejam esclarecidas todas as dúvidas sobre o vírus zika. O médico está no Recife conhecendo as ações de combate ao Aedes aegypti da prefeitura e do governo de Pernambuco.
‘É um risco muito grande engravidar agora, pois estamos vivendo uma epidemia que ainda não tem o caminho bem delimitado. Por não sabermos exatamente como ela vai se comportar aconselho a quem está planejando ter um filho esperar um pouco‘, afirmou.
O médico tem mais de 45 anos de experiência na área de moléstias infecciosas, quase metade deles dedicados à direção do serviço de Imunologia do Hospital do Câncer de São Paulo. O especialista também é um dos pioneiros no tratamento da Aids no Brasil.
Varella visita, ainda nesta terça, o Hospital Universitário Oswaldo Cruz, referência em infectologia de Pernambuco. ‘Hoje, Pernambuco é um exemplo para o Brasil. Diante de uma situação gravíssima tem conseguido detectar rapidamente os casos e tomar medidas para evitar o crescimento de ocorrências‘, disse.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber