Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Geral

Atriz Sheron Menezzes sofre ataques racistas e diz que tomará providências

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Sheron Menezzes afirmou no início da madrugada desta segunda-feira (7), por meio de suas redes sociais, que vai tomar providências legais contra ataques racistas sofridos nos últimos dias em sua página no Facebook.
"Não adianta entrar na minha página e escrever absurdos, xingamentos e agressões pois vão ter que engolir a mim e a tantas outras pessoas negras em nosso país", disse. "Saiam da frente com sua inveja, pois estamos passando com o nosso cabelo maravilhoso, com a nossa linda cor, nossa beleza, nossa educação e nossa inteligência."
Sheron disse ainda que já esperava por isso devido aos recentes ataques virtuais contra outras mulheres negras, como as atrizes Taís Araújo e Cris Viana e a jornalista Maria Júlia Coutinho, a Maju, todas da Globo.
Os insultos racistas contra Taís Araújo, publicados no final de outubro, são investigados pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. A DRCI (Delegacia de Repressão a Crimes de Informática) identificou 70 perfis no Facebook que teriam feito as postagens discriminatórias.
Cris Viana, vítima de insultos racistas no final de novembro, também prometeu tomar providências.
O caso de Maju, que sofreu uma série de ataques racistas postados no Facebook do "Jornal Nacional", onde é a "moça do tempo", é investigado pelo Ministério Público de São Paulo.
Em sua postagem, Sheron Menezzes afirmou que resolveu se manifestar por causa da discriminação que atinge milhões de pessoas no Brasil todos os dias.
"Acho melhor tirarem as suas máscaras e se revelarem publicamente, pois se não o fizerem a Polícia Federal o fará", escreveu.
Como reação aos ataques racistas, a ONG Criola faz a campanha "Racismo virtual, as consequências são reais", que está em sua segunda etapa.
Em parceria com empresas de mobiliário urbano, foram criados outdoors com mensagens reais publicadas no Facebook contra a jornalista Maria Júlia Coutinho.
Para dar mais impacto à ação, a ONG usou uma ferramenta que localiza os comentários e mostra os locais onde foram feitos. Os painéis são instalados próximos às residências dos autores.
O objetivo é mostrar que a internet não é um território livre para a exposição de mensagens de ódio, racismo e preconceito e que essas atitudes geram consequências para seus autores.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber