Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Prima de mentor de ataques em Paris não era mulher-bomba, diz imprensa

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Policiais que participam das investigações da série de atentados em Paris informaram nesta sexta-feira (20) que a prima do mentor dos ataques, Abdelhamid Abaaoud, não se explodiu na operação que terminou com a morte do extremista.
Segundo a agência de notícias AFP, a TV iTélé e o jornal "Le Figaro", a pessoa que se detonou um cinto de explosivos durante a ação policial era na verdade um homem, cujo corpo foi encontrado nesta sexta e ainda não foi identificado.
Os investigadores dizem que Hasna Ait Boulahcen, 26, morreu em decorrência da explosão. A informação de que um homem teria feito o ataque condiz com os fundamentos do Estado Islâmico, dizem especialistas.
Ao jornal francês "Libération", o jornalista Davis Thomson, especialista em extremismo islâmico, disse que as mulheres não têm o direito de participar de ações de combate por ordem do chefe da milícia radical, Abu Bakr al-Baghdadi.
Mais cedo, a Procuradoria da França confirmou a existência de um terceiro corpo dentro do apartamento onde se alojaram os extremistas em Saint-Denis, na periferia de Paris. O local foi invadido pela polícia na quarta-feira (18).
Além das mortes dos três, a operação policial terminou com oito pessoas presas. Todas são investigadas por ligação com os atentados, que deixaram 130 mortos e mais de 360 feridos na última sexta (13) na capital francesa e em Saint-Denis.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber