Mais lidas
Geral

SeaWorld de San Diego acabará com show de orcas até 2017

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O parque SeaWorld de San Diego, na Califórnia, anunciou que seu famoso show de orcas acabará até 2017. Uma nova atração em um cenário mais natural, com previsão de abertura para aquele ano, substituirá os shows.
O parque vinha enfrentando críticas de grupos em prol dos direitos dos animais, desde 2013 quando foi lançado o documentário "Blackfish", que denunciou maus tratos recebidos pelas baleias, o que pode ter resultado na morte da treinadora Dawn Brancheau, atacada por um dos animais, em 2010.
Em outubro deste ano, a empresa foi proibida de realizar inseminação artificial para multiplicar o número de orcas do parque. A decisão, da Comissão Costeira da Califórnia, também veta a comercialização e a transferência dos cetáceos. Na época, o SeaWorld classificou a proibição como "desumana".
Meses antes, o SeaWorld anunciou um projeto de US$ 100 milhões para expandir os aquários de suas três unidades, inclusive a de San Diego. O projeto, chamado de Blue World, foi aprovado pela comissão e previa um tanque com 38 milhões de litros de água, quase o dobro dos tanques atuais, segundo a empresa.
Com a proibição, o SeaWorld afirmou que pretendia rever os planos de expansão.
O Blue World também está previsto para as unidades de Orlando, na Flórida, e San Antonio, no Texas, que também apresentam os shows com orcas. A previsão de entrega do terceiro e último aquário expandido estava prevista para 2022.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber