Mais lidas
Geral

Estudante se queixa de fazer a prova do Enem longe de casa, em SP

.

EDUARDO GERAQUE
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Comprar o lápis preto de um camelô foi fácil. Mas para o paraense Brendo Gonçalves, 18 anos, controlar o nervosismo e ficar pegando os panfletos dos cursinhos e faculdades que fazem propaganda na porta dos locais do Enem é muito pior. Morador da zona leste, o jovem terá de fazer a prova neste sábado (24) na zona sul paulistana.
Gonçalves estranhou o fato de o local do exame ser tão longe da sua casa. "Não sei porque me jogaram para cá". Brendo fará a prova na tarde deste sábado (24) na Unip, na rua Vergueiro, zona sul. O sonho do jovem que trocou Belém por São Paulo é fazer odontologia. "Sai de lá porque as escolas ficam muito mais em greve", afirma.
"Não estou tranquilo não. Mas se não der no Enem tem o vestibular ainda. Apesar de que conseguir uma nota hoje já fica suave" explica o estudante da escola pública Milton Cruzeiro, de Itaquera, na zona leste.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber