Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Geral

Refugiados sírios morrem afogados ao ficarem presos em barco que afundou

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dezessete sírios que tentavam chegar à Grécia, incluindo cinco mulheres e cinco crianças, morreram afogados neste domingo, quando o barco em que viajavam naufragou nas águas da Turquia.
A Guarda Costeira turca recuperou os corpos dos migrantes que haviam zarpado em um pequeno barco de madeira da praia de Bodrum, na Turquia, rumo à ilha grega de Leros, segundo a agência Dogan.
Os refugiados se afogaram por não conseguir sair da cabine do barco, informou a agência de notícias.
Outros 20 migrantes que estavam no convés, sobreviveram e nadaram até a costa turca. Todos usavam coletes salva-vidas.
Os sobreviventes foram levados para um necrotério em Bodrum para identificar seus parentes mortos.
Nos últimos dias tem crescido o número de migrantes e refugiados que partem da Turquia em barcos precários para a UE em busca de uma vida melhor.
A maioria foge de conflitos e da pobreza na Síria, Afeganistão, Paquistão e África.
A imagem do menino sírio de três anos Aylan Kurdi, cujo corpo foi encontrado em uma praia turca após um naufrágio em sua tentativa de chegar à Grécia por mar, chocou o mundo e colocou pressão sobre os líderes europeus a dar uma resposta à crise de refugiados.
OPERAÇÃO DE SALVAMENTO
Pelo menos 838 pessoas que navegavam à deriva no mar Mediterrâneo foram socorridas neste domingo em diversas operações de salvamento que são coordenadas pela Guarda Costeira italiana desde o começo da manhã.
Os resgates contaram com dois navios da Guarda Costeira italiana, outros dois da Marinha italiana, dois da organização Médicos Sem Fronteiras e uma embarcação inglesa.
Um navio da Guarda Costeira salvou 85 imigrantes que navegavam rumo à Europa, enquanto outra embarcação dos Médicos sem Fronteiras auxiliou 112 pessoas, além de outro barco que socorreu outras 150.
A Marinha Militar italiana também participou dos trabalhos de resgate e recuperou mais de 300 pessoas que viajavam a bordo de três pesqueiros diferentes.
Além disso, a embarcação inglesa socorreu outras 111 pessoas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber