Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Após audiência, gestão Haddad cogita fechar Paulista já no próximo domingo

.

RICARDO BUNDUKY
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A prefeitura fez neste sábado (19) uma audiência pública para ouvir pessoas favoráveis e contrárias ao fechamento da avenida Paulista para carros aos domingos -e saiu com a expectativa de bloquear a via já no próximo dia 27.
O encontro promovido no vão do Masp é parte de um acordo com a Promotoria para viabilizar a medida -já testada pela gestão Haddad (PT) duas vezes neste ano.
Ele reuniu cerca de cem pessoas -entre as cerca de 20 que se revezaram no microfone, a maioria defendeu a iniciativa. "Abrir as ruas, que são espaços públicos, é chamar para a convivência pessoas de várias origens e lugares. E é disso que a gente precisa para ter uma cidade mais humana e mais tolerante", afirmou Ana Carolina Nunes, do movimento Sampa a Pé.
Dentre os críticos, os principais argumentos eram a preocupação com a segurança, barulho e impactos ao trânsito -além de questionamentos sobre os gastos que a prefeitura terá com a medida.
"Temos prioridades muito maiores", diz o blogueiro Eduardo Britto.
O secretário dos Transportes, Jilmar Tatto, saiu do encontro prevendo que a via poderia ser fechada já no domingo que vem, das 9h às 17h -a depender das conversas nesta semana com promotores.
"A audiência foi positiva. Apresentamos o projeto e a avaliação [de impacto no trânsito] de quando a via foi fechada para a inauguração da ciclovia. Se a gente conseguir passar o material nessa semana [para o Ministério Público], é possível já abrir no domingo", afirma.
"Poderíamos aproveitar como um marco para a cidade na semana da mobilidade", disse, em referência ao período de 18 a 25 de setembro, quando há iniciativas mundiais de restrição aos carros.
Ele apresentou medidas para contornar os transtornos para moradores -como cadastramento de placas para acesso aos condomínios.
"Quanto aos hospitais, conversamos com eles e a circulação será garantida, tanto para médicos, quanto para os pacientes e ambulâncias", afirma.
Para atenuar impactos no trânsito, a prefeitura estuda liberar a passagem pela Brigadeiro Luís Antonio e rua Augusta.
Neste e no próximo fim de semana, 32 subprefeituras organizam audiências públicas com a população para o fechamento de vias locais.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber