Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Brasil está agindo para conter crise na Venezuela, diz assessor da Presidência

.

MARIANA CARNEIRO
BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) - O assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, justificou o silêncio do Brasil diante da condenação por quase 14 anos ao opositor venezuelano Leopoldo López.
Em entrevista ao jornal argentino "La Nación", ele afirmou que o Brasil tem que respeitar a decisão da Justiça da Venezuela e disse que o Brasil está atuando para contribuir para a paz no país governado por Nicolás Maduro.
"Há pessoas que fazem política exterior em silêncio, outros a fazem com ruído. Não acredito que uma política exterior mais barulhenta seja mais eficiente", afirmou.
Marco Aurélio disse que o Brasil está tentando promover o diálogo entre a oposição e o governo por meio da Unasul e que o organismo também está atuando no conflito com a Colômbia.
"O Brasil tem todo o interesse no que acontece na Venezuela. Se isso não se resolve de forma diplomática e democrática, podemos ter uma situação de grande gravidade, à beira de uma guerra civil. Para nós, seria uma tragédia porque quem paga o maior custo de uma situação assim é o povo", afirmou.
"A Venezuela é membro do Mercosul e isso introduziria um problema gravíssimo, uma crise desse tipo destroçaria a Unasul. Todos esses elementos, que para nós são muito importantes, estariam ameaçados se não há uma solução política na Venezuela", acrescentou Garcia.
'ANTIARGENTINOS'
Na reportagem, o assessor afirmou ainda que espera que a crise brasileira não afete a integração com a Argentina e que vê disposição em aumentar o diálogo nas propostas dos três principais candidatos à Presidência argentinos.
"Isso é muito diferente do Brasil, onde os setores mais conservadores são antiargentinos", afirmou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber