Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Saiba quem são alguns dos mortos na maior chacina do ano em SP

.

CONFIRA ABAIXO PERFIL DE SEIS DAS 19 VÍTIMAS
Fernando Luiz de Paula, 34
Fernando estava em um dos bares que foi alvo de ataque. A mãe de Fernando, Zilda Maria de Paula, disse que o filho era pintor, mas estava desempregado.
Segundo ela, o filho nunca esteve envolvido com nada e estava no bar bebendo apenas uma cerveja com os amigos. "Mas essas coisas nunca chegam como foi. Só sei que meu filho morreu. Não vou usar camiseta com a foto dele, não vou pedir justiça. Vou continuar meus corres porque ninguém vai me ajudar", disse Paula.

Eduardo Oliveira Santos, 41
O companheiro de Eduardo, Jean Lopes, 34, disse que ele era tranquilo e que não estava envolvido em nenhuma confusão.
"Ele só estava no lugar errado na hora errada. Ele não tinha nenhum familiar próximo", disse Lopes, que morava com Eduardo havia cinco anos.
Lopes disse ainda que Eduardo jogava cartas e era do candomblé.

Rafael Nunes de Oliveira, 23
Torcedor do Palmeiras, Rafael morava em Osasco, na Grande São Paulo, e gostava rap, rock e pagode.
"Hoje o sol não brilhou, os pássaros não cantaram, os rios se calaram e as lágrimas rolaram em meu rosto. Meu coração sofre em silêncio. Como eu quero que alguém me diga que é mentira, ainda não tô acreditando. Eternamente em meu coração, olhai por nós Rafa, aí de cima", postou um de seus amigos no Facebook.

Eduardo Bernardino Cesar, 26
A irmã de Eduardo Bernardino conta que ele havia saído com um amigo para comprar um lanche próximo na mesma rua em que morava.
Ela disse que ambos caminhavam pela rua Eurico da Cruz, na Grande São Paulo, quando foram abordados. Segundo ela, dois motoqueiros começaram a atirar, mas o amigo conseguiu fugir.

Presley Santos Gonçalves, 26
De acordo com familiares, Presley, pai de dois filhos, estava na frente da casa de um tio, quando um homem em uma moto atirou seis vezes nele. O padrastro de Presley disse que ele trabalhava em um mercado e que não estava no bar.
"Ele estava em frente a casa de um tio quando uma moto passou e um homem atirou nele. Deram seis tiros nele", disse Antônia de Jesus, 45, mãe de Presley.
"Quando morre um policial, pode saber, até 15 dias depois vai ter uma chacina. Nunca vai mudar, aqui não existe justiça. Está todo mundo falando que a ordem é não ter ninguém na rua depois das 23h", disse Rosângela Gonçalves, 50, amiga e vizinha de Presley.

Thiago Marcos Damas, 32
A irmã de Thiago, Ana Aparecida Adriana de Lima, 46, disse que o irmão estava tomando cerveja com Eduardo Oliveira Santos, 41, quando os criminosos entraram no bar. "Ele foi atingido no abdômen e na perna, chegou a ser operado, mas não resistiu", disse Lima.
A irmã disse ainda que Thiago estava desempregado e que ele e Eduardo eram amigos de infância.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber