Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

PF passa a enviar e-mails a usuários para avisar que passaporte vencerá

.

ADRIANO QUEIROZ
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O procedimento não é exatamente novo, mas continua causando estranheza para muitas pessoas, que temem ser vítimas de uma fraude.
Desde novembro do ano passado, a Polícia Federal passou a enviar e-mails para quem cadastrou seu endereço eletrônico no órgão e está com o passaporte prestes a vencer. O comunicado informa ao cadastrado que ele deve ir renovar o documento.
Conforme a PF, a iniciativa de comunicação por e-mail "foi implementada porque muitos países não aceitam conceder visto a quem tem passaporte com vencimento previsto para um período menor que seis meses. Essa medida visa agilizar e facilitar a renovação".
Ainda segundo o órgão, todas as unidades da Polícia Federal estão adotando esse novo procedimento comunicacional, mas apenas para quem cadastrou e-mail no sistema da instituição.
A PF não quis informar o número de pessoas que receberam esse comunicado alertando para a proximidade do vencimento do passaporte.
SEM RISCOS
A Polícia Federal contestou críticas quanto a um eventual risco que a adoção da prática de envio de e-mails para fazer comunicados diretos ao cidadão possa causar.
"Não há risco porque a pessoa precisa ir no site da PF fazer um cadastro e gerar uma Guia de Recolhimento da União (GRU). Depois, precisa ir a um posto do Departamento de Polícia Federal, tanto para concluir a solicitação, quanto para receber o passaporte", rebateu o órgão, por meio de sua assessoria.
NOVO PASSAPORTE
No início deste mês, o Ministério da Justiça, via PF, começou a emitir um novo modelo de passaporte, com validade estendida para dez anos e com custo elevado para R$ 257,25.
Antes da mudança, os passaportes brasileiros tinham validade de cinco anos e custavam R$ 156,07. Os passaportes emitidos antes do dia 6 de julho deste ano não vão ter seu prazo de vencimento alterado.
As alterações no passaporte facilitam o processo de obtenção de visto para os Estados Unidos, mas o governo brasileiro negou que haja relação entre a reformulação do documento e uma política de facilitação de viagens dos brasileiros ao país norte-americano.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber