Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

John Kerry diz que desafio do Irã à política dos EUA é 'muito perturbador'

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O secretário de Estado americano, John Kerry, criticou nesta terça (21) o líder supremo do Irã, Ali Khamenei, por defender que a República Islâmica desafie a política dos Estados Unidos no Oriente Médio.
Em discurso no último sábado (18) em Teerã, a autoridade máxima iraniana disse que não mudará a relação com os EUA apesar de o país ter assinado com os americanos o acordo sobre o programa nuclear.
"A nossa política não vai mudar diante do arrogante governo americano", declarou Khamenei, seguido por aplausos de seus seguidores, que entoaram os tradicionais gritos de "Morte à América" e "Morte a Israel".
Para Kerry, as declarações são muito perturbadoras. "Sei que geralmente há uma diferença entre estes comentários públicos e como as coisas se encaminham, mas se esta é a política, é muito perturbadora, muito problemática."
Questionado sobre a preocupação dos países do Oriente Médio sobre o aumento do poder do Irã, o secretário disse que seus aliados serão capazes de conter a interferência da República Islâmica nos conflitos regionais.
"Acho que, com a determinação do presidente Obama e nossos recursos militares e de inteligência, todos os países árabes têm um potencial inexplorável para serem capazes de enfrentar qualquer uma destas atividades."
Os dois países mais preocupados com o aumento da influência do Irã são Israel e Arábia Saudita, principais aliados dos EUA na região. Ambos rejeitam qualquer acordo das potências sobre o programa nuclear iraniano.
Os dois países, mas principalmente os sauditas, temem que o dinheiro obtido com o fim das sanções deva ser usado para ajudar seus aliados políticos, aumente a tensão na região e diminuam o poder da monarquia sunita.
Atualmente, o Irã é um dos principais financiadores do regime de Bashar al-Assad na Síria, do grupo radical libanês Hizbullah e das milícias xiitas que atuam no Iraque e no Iêmen.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber