Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Chanceler de Cuba agradece Obama

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, agradeceu nesta segunda-feira (20) o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pelo apoio ao fim do embargo contra a ilha comunista.
Em discurso após hastear a bandeira na nova embaixada cubana em Washington, ele também saudou os países e entidades que apoiaram Cuba para a retomada das relações e fez referência ao líder Fidel Castro.
"Nós chegamos até aqui graças a Fidel Castro. Este dia tinha que chegar. Foram muitos anos de esforço para que se pudesse chegar a esta abertura".
O chanceler cubano pediu ao mandatário americano que use seus poderes para diminuir os efeitos do bloqueio e ao Congresso que aprove o fim da punição à ilha caribenha.
"Só o fim do embargo que provoca tanto sofrimento ao nosso povo, a devolução do território de Guantánamo e o respeito ao território e à soberania de Cuba darão respeito à retomada destas relações", disse.
Rodríguez disse que Cuba continua com a vontade de avançar em relação à normalização total da relação com os Estados Unidos, embora tenha considerado o objetivo de "um grande desafio".
"É grande o desafio, porque nunca houve uma relação normal entre Estados Unidos e Cuba, apesar do século e meio de intensos laços e da convivência entre os nossos povos."
Nesse sentido, o ministro disse esperar que a retomada das relações seja o início de "uma convivência baseada no mútuo respeito e na soberania", em vez da tentativa de derrubar a ditadura comunista.
"Esperamos que os Estados Unidos não continuem a insistir em um método obsoleto apenas mudando a tática para conseguir isso. Mesmo se esse for o caso, estamos dispostos a enfrentar o risco."
REABERTURA
Minutos antes do discurso, Rodríguez participou da solenidade oficial que selou a reabertura da embaixada cubana em Washington. No momento que a bandeira foi hasteada, ouviram-se gritos de "viva Cuba" e "viva Fidel".
Antes de voltar a Havana, o chanceler cubano ainda será recebido no Departamento de Estado pelo secretário de Estado, John Kerry. Mais cedo, a bandeira cubana foi colocada no saguão do órgão da diplomacia americana.
Em Havana, a embaixada dos EUA já funciona oficialmente, mas só será inaugurada publicamente em 14 de agosto, quando Kerry repetirá o gesto de Rodríguez e hasteará a bandeira americana em frente ao prédio.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber