Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Greve de taxistas em Paris bloqueia acessos a terminais de aeroporto

.

Passageiros arrastam suas malas para o aeroporto de Orly, em Paris. Taxistas em greve bloqueiam as ruas de acesso à aerportos e estações de trem de Paris e outras cidades durante um protesto nacional contra o serviço de compartilhamento de carro Uber (Foto: Christian Hartmann/Reuters)
Passageiros arrastam suas malas para o aeroporto de Orly, em Paris. Taxistas em greve bloqueiam as ruas de acesso à aerportos e estações de trem de Paris e outras cidades durante um protesto nacional contra o serviço de compartilhamento de carro Uber (Foto: Christian Hartmann/Reuters)

Uma greve de taxistas em Paris bloqueia nesta quinta-feira (25) o acesso a três terminais do aeroporto Charles de Gaulle e dificulta o trânsito em alguns bairros da capital francesa. Eles protestam contra o serviço de motoristas online Uber.

Os acessos aos terminais 2E, 2F e 2D do aeroporto Roissy-Charles de Gaulle estavam bloqueados no início da manhã. Também eram registrados problemas nos acessos ao aeroporto na zona norte da capital da França. A Aeroports de Paris, operadora dos aeroportos da capital Charles de Gaulle (CDG) e Orly, alertou aos viajantes para usarem os serviços locais de trem por conta do protesto dos taxistas.

"O acesso pela estrada está completamente bloqueado", informou a companhia em seu site. "A única maneira de chegar ao CDG é (de trem)".


A mídia francesa mostrou imagens de pneus queimados bloqueando partes da rodovia circular em volta da região central de Paris, assim como empurrões entre taxistas em protesto e outros motoristas, enquanto a polícia em equipamento de choque usava gás lacrimogêneo para intervir. Os taxistas também bloquearam o acesso à estação de trem Gare du Nord, em Paris, de onde os serviços de alta-velocidade Eurostar e Thalys seguem para Londres e Bruxelas. O Uber, que conecta motoristas com passageiros por meio de um aplicativo de smartphone, está expandindo seu serviço UberPOP em cidades francesas, provocando a ira de taxistas, que veem como competição injusta, já que os motoristas de carros privados cobram menos que os táxis tradicionais.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber