Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Roubo de cargas cresce em maio na Grande São Paulo

.

VENCESLAU BORLINA FILHO
CAMPINAS, SP (FOLHAPRESS) - Os roubos de pequenas cargas - chamados pela polícia de "roubo de oportunidade" - impulsionaram o aumento de 7,5% nos registros desse tipo de crime na Grande São Paulo no mês de maio em comparação com o mesmo mês de 2014.
O levantamento, feito pela SSP (Secretaria de Segurança Pública) divide São Paulo em cinco regiões: o Estado como um todo, apenas a capital paulista, a Grande São Paulo, o interior inteiro, e apenas a região de Campinas (a 93 km de São Paulo). Com exceção da Grande SP, houve queda no número de roubos de pequenas cargas em todas as outras divisões.
Houve 172 casos na Grande São Paulo no último mês de maio, ante 160 de maio do ano passado. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (24) pelo secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, durante uma reunião com prefeitos da região de Campinas.
De acordo com Moraes, o roubo de carga acontece, quase sempre, na hora do descarregamento, e o principal produto roubado são alimentos. Guarulhos, sede do aeroporto internacional de São Paulo, concentra a maior parte dos casos.
Segundo o secretário, o policiamento está sendo reforçado para combater o roubo de oportunidade. "Na capital, que corresponde a 52% das ocorrências de roubo de carga, o policiamento tem sido alterado para combater esse tipo de ação criminosa", afirmou, sem dar detalhes.
Algumas prisões de quadrilhas especializadas neste tipo de crime foram realizadas em maio, o que enfraquece as ações por parte dos criminosos, segundo especialistas em segurança. O secretário, porém, atribuiu a queda às investigações e à melhoria do policiamento. De acordo com ele, o roubo de carga cresceu 2% de janeiro a maio no Estado. Ao se considerar apenas o primeiro quadrimestre, a alta foi de 10%.
ESTADO
Só no mês de maio, os casos de roubo de cargas no Estado caíram 8,68% em comparação ao mesmo período do ano passado - de 772 para 705. Na capital, a queda foi de 14,32% no mês (66 casos a menos) e, no interior, de 8,61% (menos 13 casos), de acordo com os dados divulgados.
Já na região de Campinas, considerada o "triângulo das bermudas" do roubo de cargas, por causa dos acessos rodoviários para as vias Anhanguera, Bandeirantes, Dom Pedro 1º e Santos Dumont, também houve queda de 12,9% (sete casos a menos) em relação a maio do ano passado.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber