Mais lidas
Geral

Obama pede que G7 enfrente a agressão russa na Ucrânia

.

Barack Obama e Angela Merkel na aldeia de Krün, antes da reunião do G7, neste domingo (7) (Foto: REUTERS/Daniel Karmann/Pool, em G1)
Barack Obama e Angela Merkel na aldeia de Krün, antes da reunião do G7, neste domingo (7) (Foto: REUTERS/Daniel Karmann/Pool, em G1)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, convocou neste domingo (7) os demais líderes do G7 a enfrentarem a agressão russa na Ucrânia, em seu primeiro discurso na Baviera antes do início da cúpula das sete maiores potências industrializadas.

Na presença da chanceler alemã Angela Merkel, classificada por ele de sócia e amiga, Obama destacou a solidez dos vínculos entre Estados Unidos e Alemanha, "dois aliados inseparáveis", e lembrou as numerosas posições comuns entre os dois países, como no caso da Ucrânia.

Pouco antes, Merkel também havia celebrado a qualidade das relações entre os dois aliados: "Os Estados Unidos são nossos amigos e nossos sócios mesmo que às vezes tenhamos divergências", destacou a chanceler.


Fonte/autoria/matéria completa: France Presse, em G1

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber