Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Policia diz ter identificado quem mandou matar executivo em SP

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia Civil de São Paulo afirma já ter identificado um homem suspeito de ter mandado matar um executivo no Brooklin (zona sul).
O diretor de informática Luiz Eduardo de Almeida Barreto, 49, foi baleado e morreu por volta das 14h30 desta segunda-feira (1) quando voltava de um restaurante para o escritório, na região da av. Berrini.
Um colega da vítima contou que, após recolher celulares e carteiras, três criminosos puxaram Barreto na calçada por alguns metros e atiraram em sua barriga.
Um dos suspeitos, Eliezer de Aragão, 46, foi preso pouco depois em frente à estação Berrini da CPTM.
Flagrado com os objetos roubados e um revólver com numeração raspada, ele estava em liberdade provisória havia menos de um mês, após ter cumprido parte da pena por latrocínio (roubo seguido de morte).
Inicialmente ele disse à polícia que havia matado Barreto porque ele reagira ao assalto. Depois mudou sua versão e disse que havia sido contratado para matar o executivo.
O mandante seria um homem que ele conheceu quando estava preso. A polícia já tem os dados do suspeito e realiza buscas tentando prendê-lo.
A polícia ainda não tem hipóteses sobre a motivação do crime. Nesta quarta serão ouvidos amigos e parentes da vítima para tentar avançar na investigação.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber