Mais lidas
Geral

Em menos de 24 horas, Rio tem três policiais baleados e uma morte

.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Em menos de 24 horas, o Estado do Rio de Janeiro teve três episódios de confrontos entre policiais militares e criminosos, com saldo de um morto, um ferido e três suspeitos presos. Um PM também foi baleado.
Um dos casos ocorreu no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da cidade, na manhã deste sábado (30). Segundo o sub-comandante do 31ºBPM (Recreio), Major Vanildo Sena, quatro homens praticavam roubos a pedestres na Prainha, que é uma das praias mais movimentadas da região, quando um PM testemunhou a ação dos criminosos. Agentes do batalhão foram acionados e fizeram um cerco aos suspeitos.
Eles tentaram fugir, houve uma perseguição e uma intensa troca de tiros. Um dos suspeitos foi atingido e morreu no local. Os outros três ainda conseguiram fugir, mas acabaram presos em seguida. Com eles foram apreendidos um revólver e os pertences das vítimas dos assaltos. Um carro e uma moto também foram apreendidos.
Já durante a madrugada, militares da Força de Pacificação que atua na comunidade da Maré, na zona norte, foram atacados a tiros durante um patrulhamento de rotina, na comunidade Conjunto Esperança. Houve um intenso confronto e os suspeitos fugiram. Ninguém ficou ferido.
Em uma outra troca tiros, durante a noite de sexta-feira (30), um policial foi baleado em uma blitz, no município de Itaboraí, região metropolitana do Estado. Segundo os agentes, um motorista teria desobedecido a ordem de parar o veículo e realizou vários disparos em direção aos militares.
De acordo com os PMs, um policial foi atingido no pescoço. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Estadual Prefeito João Batista Cafarro e depois foi transferido para o Hospital Estadual Alberto Torres.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber