Mais lidas
Geral

​Alemão ferido em explosão no Rio segue internado em estado grave

.

Foto do jornal 'O Globo' mostra alemão internado em hospital no Rio (Foto: Vera Araújo/O Globo)
Foto do jornal 'O Globo' mostra alemão internado em hospital no Rio (Foto: Vera Araújo/O Globo)

O alemão Markus Muller, que ficou ferido na explosão de seu apartamento em São Conrado, Zona Sul do Rio, no domingo (7), segue internado em estado grave, mas estável no Hospital Pedro II, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde.

Em uma imagem obtida com exclusividade pelo "O Globo", o estrangeiro aparece enfaixado e respirando com a ajuda de aparelhos. Na sexta-feira (22), o RJTV mostrou cenas das câmeras de segurança do edifício Canoas, em São Conrado, na Zona Sul do Rio. Das 24 instaladas no prédio, pelo menos três mostram o momento em que o alemão Markus Muller chegou sozinho ao edifício, no domingo (17), noite antes da explosão. O primeiro vídeo é da câmera na entrada da garagem. O alemão chegou em casa em um carro importado preto.

Como os vidros são filmados, não dá para perceber se há mais alguém dentro do veículo. O vídeo tem 50 segundos até o fechamento completo do portão.

O segundo vídeo é da câmera de dentro da garagem, registrado às 19h. O alemão estaciona o carro na vaga e demora 20 segundos até descer. Ele parece verificar se o carro está fechado. Markus Muller vestia calça comprida e camisa azuis, e carrega em uma das mãos o que parecia ser peças de roupa. O terceiro vídeo mostra a imagem do elevador. A gravação é de 19h21. Markus Muller entra no elevador e toca o décimo andar.

Ele mexe nas chaves, parece procurar a da porta de casa. Arruma o cabelo e se olha no espelho. Na imagem é possível ver que nas mãos ele carrega, além das roupas, uma sacola plástica. Novamente ele separa a chave, passa a mão no cabelo e, 45 segundo depois, o elevador chega ao décimo andar, onde Markus desce. O síndico entregou essas imagens à polícia na tarde desta sexta-feira.

“Absolutamente sereno, absolutamente controlado, sem nenhum problema. E a imagem é melhor que palavras. Isso está sendo a mão da polícia agora, para que ajude nesse quebra-cabeça. Fechar isso”, disse o síndico, Jorge Alexandre de Oliveira. Polícia quer entender a rotina do alemão Os investigadores já pediram imagens dos dias anteriores para entender a rotina do alemão. As últimas imagens de Markus antes da explosão foram registradas no elevador já que nos corredores de entrada dos apartamentos não há câmeras.

A polícia investiga se ele tem seguro de vida e se alguém movimentou a conta bancaria dele nos últimos dias. No apartamento foram apreendidas facas, um laptop e dois celulares. Até agora, cinco pessoas prestaram depoimento. A dona do apartamento onde Markus morava disse em depoimento que ele pagava o aluguel em dia, as vezes, antecipadamente.


Confira matéria completa AQUI

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber