Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Ciclista morre após ser esfaqueado na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O médico Jaime Bold, 57, morreu durante a madrugada desta quarta-feira (20) após ter sido esfaqueado enquanto pedalava na pista de lazer da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio. Ele não resistiu aos ferimentos sofridos no abdômen e no braço.
O médico teve a bicicleta roubada por dois adolescentes em frente ao centro náutico do Botafogo por volta das 19h30 desta terça-feira (19). Após a agressão, os dois fugiram levando a bicicleta da vítima.
Bold chegou a receber os primeiros socorros de um médico que praticava exercícios físicos na Lagoa antes de ser levado para o Hospital Miguel Couto, onde passou por uma cirurgia e morreu.
Este não é o primeiro caso que acontece na pista de lazer da Rodrigo de Freitas. No dia 19 abril, os ciclistas Victor Didier, 19, e Felipe Schuchmann, 14, foram esfaqueados e tiveram suas bicicletas roubadas.
No dia 25 de abril, um adolescente de 14 anos, que é aluno de remo do Flamengo, foi atacado por adolescentes quando andava de bicicleta. Ele levou uma facada dos assaltantes no ombro esquerdo.
No dia seguinte, policiais militares do 23º BPM (Leblon) apreenderam dois menores armados com uma faca. Levados para a delegacia, a dupla foi reconhecida pelo atleta de remo do Flamengo que teve a bicicleta roubada um dia antes da prisão dos adolescentes. No mesmo dia um outro homem também foi roubado e esfaqueado na Lagoa.
ROUBOS COM FACA
Os roubos com facas assustam moradores e turistas no Rio. Vários casos foram registrados nas últimas semanas, entre eles o da turista vietnamita Tran Vu Há, 39, esfaqueada por três adolescentes perto da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio), no centro.
A Comissão de Segurança no Ciclismo da Cidade do Rio de Janeiro, formada por defensores do ciclismo com segurança, realizou no início do mês o evento Pedal e Corrida da Paz. O objetivo foi chamar a atenção das autoridades para o aumento de furtos e roubos de bicicletas ocorridos na Lagoa e em outras regiões da cidade.
No último domingo (17), o paraciclista Eduardo Camara, 39, foi arrancado de seu carro e roubando quando voltava de uma competição. Ele estava no estacionamento de uma lanchonete, na avenida Brasil, quando foi abordado pelos criminosos, que levaram o carro adaptado para cadeirantes, a cadeira de rodas e a handbike de competição.
"Apesar de ter dito que era cadeirante, os bandidos me tiraram do carro e o levaram junto com minha bike, minhas rodas de competição e até minha cadeira de rodas, algo que eu achava que nunca iria acontecer", desabafou Eduardo em sua página no Facebook. Eduardo ficou paraplégico ao ser baleado numa tentativa de assalto, aos 23 anos, no Guarujá (SP).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber