Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Homem mata dois estudantes no Chile durante protesto contra o governo

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dois estudantes chilenos, de 18 e 24 anos, morreram nesta quinta (14), em Valparaíso, durante um protesto contra o governo de Michelle Bachelet após serem atingidos por disparos feitos por um jovem de 22 anos.
Os jovens foram atingidos quando tentavam colar cartazes e pichar a casa onde o atirador mora com os pais.
O crime gerou mais manifestações na cidade e comoção nas redes sociais. "Condenamos qualquer tipo de violência e lamentamos a morte destes jovens", afirmou o ministro do Interior, Jorge Burgos.
Nesta quinta, milhares de estudantes se reuniram em Santiago, Concepción, Valparaíso e em outras cidades do país para exigir de Bachelet uma participação maior na reforma educacional.
Em Santiago, entre 50 mil (segundo a polícia) e 150 mil pessoas (segundo os organizadores) participaram de atos contra o governo.
Alguns, de rosto coberto, atiraram paus e pedras em policiais que guardavam o centro de Santiago.
"Não estão nos ouvindo para fazer a reforma. Queremos ser escutados. Estamos muito desiludidos. É sempre a mesma coisa. As reformas são encerradas antes de que consigam algo bom", disse uma estudante de 17 anos que protestava em Santiago.
Ao som de tambores, os estudantes foram às ruas quatro dias após Bachelet trocar grande parte de seu ministério, entre eles seu chefe de gabinete e o titular da Fazenda.
Bachelet tenta se recuperar após casos de corrupção -um deles envolve seu filho- terem feito sua popularidade cair para 29%.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber