Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Alckmin obtém R$ 156 mi para obras de saneamento e produção de água

.

RAUL JUSTE LORES
WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou a obtenção de um crédito de R$ 156 milhões para projetos hídricos e de saneamento junto ao Banco Mundial, em visita a Washington nesta segunda-feira (11).
Os projetos incluem a obra de interligação das represas de Rio Grande e Taiaçupeba, a ampliação da capacidade da estação de tratamento de água do Alto da Boa Vista e melhorar as instalações hidráulicas em conjuntos habitacionais antigos da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano).
Alckmin se reuniu com o mexicano Jorge Familiar, vice-presidente do Banco Mundial para a América Latina. Na sequência, teve reunião com o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o colombiano Luis Alberto Moreno.
Do BID, Alckmin disse que o banco se comprometeu a financiar a seleção e a modelagem de novas concessões ou parcerias publico-privadas (PPPs) em transportes, logística, habitação, saúde e educação, por um valor de R$ 10 milhões.
"Nós vamos ter serviço mais rápido, mais eficiente, de melhor qualidade", disse o governador.
Pela proposta, o BID atuará como uma espécie de fiador da CPP (Companhia Paulista de Parcerias). Como o banco possui o mais elevado rating (AAA) das agências de classificação de risco, que permite juros mais baratos, a CPP poderá atrair um volume maior de investimentos e "muito mais barato", disse Alckmin.
Na terça (12), o governador estará em Nova York na cerimônia da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, que dará o título de "personalidades do ano" aos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Bill Clinton.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber