Mais lidas
Geral

Unifesp vai inaugurar centro específico para casos suspeitos de dengue

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Hospital São Paulo, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) vai inaugurar nesta sexta-feira (8) um centro específico para atender casos de suspeita de dengue.
O espaço ficará na rua Borges Lagoa, 770, na zona sul de São Paulo, e funcionará de segunda a sábado, das 7h às 19h. Nesta sexta, porém, o local terá atendimento apenas às 8h30, horário da inauguração.
O centro terá capacidade para atender até 200 pacientes por dia e contará com quatro consultórios, 20 leitos para hidratação, 120 poltronas de espera e recepção. Três enfermeiros e quatro médicos - três clínicos gerais e um pediatra - integrarão a equipe.
Somente serão atendidos pessoas que foram direcionadas ao local pela AMA (Assistência Médica Ambulatorial), UBS (Unidade Básica de Saúde) ou o Hospital São Paulo. Será obrigatório apresentar o cartão de acompanhamento referente à suspeita de dengue. Os pacientes que já possuem o documento podem se dirigir diretamente ao centro especializado.
Em situação epidêmica para dengue, com 340,1 casos por 100 mil habitantes, a cidade de São Paulo já registra oito mortos em decorrência da doença e 38.927 casos confirmados, superando o índice de 2014.
A Secretaria Municipal da Saúde, responsável pelos dados, avalia que a cidade chegou a um patamar máximo de ocorrências entre a 12ª e a 14ª semana epidemiológica (entre o final de março e o começo de abril) e a doença se estabilizou. A tendência agora é que haja queda dos números.
A unidade foi criada em parceria da Unifesp com Secretaria Municipal da Saúde e da SPDM (Associação Paulista para Desenvolvimento Medicina).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber