Mais lidas
Geral

Al Qaeda na Península Arábica diz que ataque dos EUA matou seu líder

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um ataque aéreo dos EUA teria matado Nasser bin Ali al-Ansi, líder da Al Qaeda na Península Arábica, segundo um comunicado divulgado pelo próprio grupo.
Al-Ansi havia aparecido em diversos vídeos do braço da Al Qaeda no Iêmen, incluindo um no qual reivindicava a autoria do atentado contra a redação do jornal satírico francês "Charlie Hebdo", que matou 12 pessoas em Paris em janeiro.
Na gravação, ele afirmava que os irmãos Said e Chérif Kouachi, que invadiram o semanário, "foram apontados" pelo grupo para realizar o atentado, em vingança à publicação de charges do profeta Maomé.
No ataque, teriam morrido ainda o filho de Al-Ansi e outros integrantes do grupo. A nota foi divulgada pelo grupo de inteligência Site, mas não foi confirmada por autoridades americanas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber