Mais lidas
Geral

Ataque do Al Shabbab a ônibus da ONU deixa seis mortos na Somália

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O grupo radical islâmico Al Shabbab atacou nesta segunda-feira (20) um veículo da ONU (Organização das Nações Unidas) na cidade de Garowe, capital administrativa da região de Puntland, no nordeste da Somália, matando seis funcionários.
O ônibus, que levava os colaboradores da hospedagem a seus locais de trabalho, explodiu quando estacionou na porta da sede da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) na cidade.
Segundo as forças de segurança, a bomba foi colocada em um dos assentos do veículo, que teve as janelas destruídas e o teto arrancado com a explosão. Dentre os mortos, estão quatro funcionários do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).
Outras dezenas de pessoas ficaram feridas, incluindo quatro funcionários do Unicef. O representante especial da ONU para a Somália, Nicholas Kay, condenou o ataque e disse estar comovido com a morte de seus colegas.
O Al Shabaab, ligado à Al Qaeda, tem realizado uma série de ataques na Somália e países vizinhos na tentativa de impor um regime islâmico radical e derrubar o governo somali apoiado pelo Ocidente e por tropas africanas.
Os ataques, porém, ocorrem normalmente no sul do país. Na semana passada, dez pessoas foram mortas em um ataque aos escritórios do Ministério da Educação somali, na capital Mogadício.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber