Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

PMs de UPPs do Alemão passarão por reciclagem e atendimento psicológico

.

MARCO ANTÔNIO MARTINS
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Polícia Militar do Rio dará um curso de reciclagem para 980 PMs de três UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio. No treinamento que reproduzirá atos do seu dia a dia, o policial ainda passará por atendimento psicológico.
A decisão acontece uma semana depois da morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10. Ele foi atingido por um tiro de fuzil na cabeça.
Dois policias da UPP da Nova Brasília, uma das 17 comunidades que compõem o complexo, admitiram aos colegas e numa apuração interna que atiraram na direção de onde estava o menor. Na delegacia, os PMs não admitiram os disparos. Eles serão chamados a depor novamente.
A reciclagem dos policiais das UPPs terá início com os 340 PMs que integram a UPP Nova Brasília. A primeira turma com 60 PMs já está sendo reavaliada. Em seu lugar, equipes chamadas de especiais na PM, como o Batalhão de Choque patrulham a região no complexo.
Depois dos policiais da Nova Brasília passarão pelo treinamento PMs das UPPs Fazendinha e Alemão. Ou seja, três das quatro UPPs instaladas no Complexo do Alemão.
"Onde há medo do policial ou da população não há confiança. Quando isso acontece nós perdemos essa guerra. A ideia é manter o território com segurança para todos", afirmou o coronel Robson Rodrigues, chefe do Estado Maior Administrativo da PM do Rio.
O comandante-geral da corporação, o coronel Alberto Pinheiro Neto disse que os policiais treinados se sentem seguros e seguem protocolos estabelecidos deixando de lado decisões pessoais a cada situação.
"Passamos por um processo de reorganização. A pacificação é um processo em construção. Entendê-lo como estanque e que se encerra em um momento é um equívoco", afirma.
O coronel Robson Rodrigues completa: "Não haverá retomada da marginalidade naquela região. A não ser que haja um cataclismo. O processo é de avançar", diz.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber