Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Militares egípcios são mortos em atentado na Península do Sinai

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma bomba deixada na estrada atingiu um veículo militar e matou, neste domingo (12), pelo menos cinco soldados e deixou outros três feridos na conflituosa zona de Sheikh Zaued, na Península do Sinai.
Os militares se dirigiam ao posto de controle de Karam Qauadis, que foi alvo em outubro do ano passado de um grave ataque jihadista que causou a morte de outros 30 soldados.
Entre os mortos na explosão deste domingo (12) figuram dois oficiais do Exército, segundo uma fonte de segurança.
Um grupo extremista Ansar Bayt al-Maqdis, que se declara aliado ao Estado Islâmico (EI), teria reivindicado a autoria do atentado -a informação não foi confirmada pelo Exército.
Desde o afastamento do presidente islamita Mohammed Mursi, em julho de 2013, aumentaram os ataques no Egito contra o Exército e a polícia, sobretudo no Sinai.
Nesta península, que já era um foco de instabilidade há anos, estabeleceram suas bases vários grupos jihadistas, entre os quais se destacam Wilayat Sina e Aynad Masr.
O primeiro, que jurou lealdade ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI) e anunciou que o Sinai é uma província mais do califado, reivindicou o citado atentado contra o posto de Karam Qauadis.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber