Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Dilma celebra aproximação entre EUA e Cuba e pede fim do embargo

.

PATRICIA CAMPOS MELLO E SYLVIA COLOMBO, ENVIADAS ESPECIAIS
PANAMÁ (FOLHAPRESS) - A presidente Dilma Rousseff defendeu neste sábado (11), durante a Cúpula das Américas, o diálogo e a moderação para a solução da crise política na Venezuela e celebrou a reaproximação entre os Estados Unidos e Cuba, pedindo o fim do embargo.
"Estamos seguros de que haverá outros avanços, como o fim do embargo", disse Dilma, acrescentando que, com o movimento, "inúmeras oportunidades estão sendo abertas".
Reforçou que a região vivia, em 1994, quando as cúpulas começaram a ser celebradas, um contexto de "problemas crônicos, fome, miséria e desemprego, causados por visões políticas equivocadas".
Disse que hoje a reunião ocorre num momento diferente, "em que a consolidação da democracia acompanha um desenvolvimento sustentável com inclusão social. Temos menos analfabetismo e menos mortalidade infantil, mas precisamos de mais riqueza, segurança e educação. É isso que construiremos."
A presidente apontou a desigualdade como desafio dos países da região. "É o grande desafio das Américas no século 21."
Disse que estava solidária à presidente Michele Bachelet com relação à situação de calamidade que enfrenta com inundações no norte do país, e comentou os efeitos da seca na região Sudeste, dizendo que os exemplos expunham a necessidade de compromisso com o debate climático.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber