Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Chuvas causam inundações em região desértica no norte do Chile

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo do Chile decretou estado de exceção na região do Atacama nesta quarta-feira (25) após um forte temporal deixar cerca de 600 pessoas desabrigadas,
A medida prevê que os militares assumam o controle da região, no norte do país, segundo o ministro do Interior, Rodrigo Peñailillo.
Peñailillo apelou a todas as pessoas em locais de risco que deixem a região.
A forte tempestade, que começou na tarde da terça-feira (24), bloqueou estradas e deixou várias áreas sem eletricidade e sem comunicação.
Bastante incomuns no árido norte do Chile, as chuvas aumentaram o volume de vários rios, inundando as principais ruas da cidade de Copiapó (800 km ao norte de Santiago) e de outras cidades do interior.
As autoridades temem as chuvas continuem fortes nas próximas horas em toda a região.
As aulas foram suspensas nas cidades de Copiapó (capital da região de Atacama) e de Antofagasta.
O ministro Peñailillo anunciou que viajará à região para lidar com o desastre.
As autoridades emitiram alerta de saúde para as cidades de Tierra Amarilla, Diego de Almagro e Alto del Carmen, as mais afetadas pelas enchentes.
Nos aeroportos de Calama e Antofagasta houve atrasos em voos.
A companhia aérea LAN disse que uma ruptura em cabos de fibra ótica estava afetando as comunicações na região.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber