Mais lidas
Geral

MEC promete a federais concurso para suprir demanda por profissionais

.

FLÁVIA FOREQUE
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em encontro com reitores de universidades federais, o Ministério da Educação prometeu nesta quarta-feira (25) suprir de forma escalonada a demanda de docentes e professores nas instituições.
De acordo com a Andifes (associação de reitores), há expectativa de preenchimento de ao menos 3 mil vagas para técnicos-administrativos, que já estavam previstas para o ano passado. Também fica mantido, por ora, o repasse de recursos para as federais sem contingenciamentos, como ocorreu no início do ano.
Um decreto do governo federal do final do ano passado congelou um terço dos gastos administrativos dos 39 ministérios, o que impactou na rotina das universidades. Neste mês, no entanto, as instituições receberam recursos sem esse bloqueio.
No ano passado, as federais receberam R$ 8,6 bilhões. Para este ano, a previsão inicial é de R$ 9,5 bi, mas o valor deve passar por redução em breve. "Assim que tivermos essa definição vamos sentar com eles novamente para fazer ajustes necessários para este ano", disse Luiz Cláudio Costa, ministro interino da Educação.
"É um ajuste conjuntural, sabemos que é necessário, mas não nos tira da trajetória", completou.
Para o presidente da Andifes, Targino de Araújo, a conversa foi positiva. "Ele nos colocou agora que esse decreto [para realização de concursos] vai sair, embora com escalonamento na distribuição dos servidores docentes e técnico-administrativos."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber