Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Presidente de grupo editorial opositor a Maduro é detido

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente do grupo editorial "6to Poder", de oposição ao governo venezuelano, Leocenis García, foi detido neste domingo (22) após ter sua liberdade condicional revogada.
García havia sido detido em julho de 2013, sob acusação de lavagem de dinheiro. Na época, o Ministério Público disse que García fora preso por não explicar "altos montantes de dinheiro que manejava em suas contas, os quais não havia declarado" ao Fisco.
Funcionários do Grupo de Antiextorsão e Sequestro da Guarda Nacional detiveram García em Sucre, no Estado de Miranda.
Um dos motivos apontados pelo Ministério Público para pedir a revogação da liberdade condicional a um tribunal de Caracas foi o não comparecimento de García a "reiteradas" sessões de seu julgamento.
O grupo "6to Poder" possui uma publicação semanal, sites e uma revista.
Com a prisão, García se soma aos outros opositores detidos recentemente pelo governo de Nicolás Maduro. Em fevereiro, o prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, foi preso em seu escritório na capital, e o dirigente político Leopoldo López, ex-prefeito de Chacao, está detido há 13 meses. Os dois últimos foram acusados de incitação à violência e tramar um golpe de Estado contra Maduro.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber