Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Polícia Ambiental encontra 126.000 m² de área desmatada no Paraná

.

Em Capanema, foram 12 mil metros quadrados desmatados (Foto: Polícia Ambiental/ Divulgação)
Em Capanema, foram 12 mil metros quadrados desmatados (Foto: Polícia Ambiental/ Divulgação)

Policiais Militares Ambientais de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, localizaram, nos últimos 15 dias, áreas de desmatamento de vegetação nativa em cinco cidades da região oeste e sudoeste do estado.

Os policiais chegaram até os locais, após denúncias anônimas. Uma pessoa foi presa em flagrante.

Ao todo, foram 126.000 m² de área desmatada. “O que nos assuntou é que a área do oeste e sudoeste tem vasta produção agrícola, e a gente está vendo que o desmatamento da Mata Atlântica é para aumentar essas áreas de plantio”, conclui o tenente da Polícia Ambiental, Nilson Figueiredo Alves Junior.

Em nenhum dos casos os donos tinham autorização para derrubar a mata e todos vão responder por crime ambiental.

Em Capanema, no sudoeste, os policiais encontraram 12.000 m² de desmatamento na comunidade rural de São Luiz. Como não houve flagrante, o proprietário não foi preso, segundo a Polícia Ambiental. Entre as espécies derrubadas, os policiais encontraram Marfim, Cabreúva e Canela Preta – todas são ameaçadas de extinção. Já em Missal, na região oeste, a Polícia Ambiental encontrou uma área de 16.000 m² desmatada. No local, estava uma retroescavadeira usada para fazer a derrubada das plantas. Foram encontradas espécies nativas como Louro-branco, leiteiro e angico-vermelho.

Confira matéria completa AQUI

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber