Mais lidas
Geral

Papa Francisco pede que bispos denunciem casos de pedofilia na Igreja

.

SÃO PAULO, SP - O papa Francisco pediu aos sacerdotes, aos bispos e às dioceses que zelem pela segurança de crianças e adolescentes e que investiguem e denunciem todos os casos de pedofilia cometidos por sacerdotes.
Em carta enviada aos presidentes das Conferências Episcopais na última segunda (2) e divulgada pela Santa Sé nesta quinta (5), o pontífice disse que cabe ao bispo e superiores a tarefa de garantir a segurança de jovens e adultos vulneráveis.
Ele pede ainda que sejam criados programas de assistência pastoral a vítimas de pedofilia e abuso sexual, que podem contar com atendimento psicológico e espiritual às potenciais vítimas.
"As famílias devem saber que a Igreja Católica não mede esforços para proteger seus filhos e têm o direito de se dirigir a ela em plena confiança, porque é uma casa segura", disse.
"Portanto, não se poderá dar prioridade a nenhum outro tipo de consideração, da natureza que seja como, por exemplo, pelo desejo de evitar um escândalo, porque não há lugar no ministério para os que abusam de menores".
Por fim, Francisco pediu a colaboração dos sacerdotes para que todos os casos reportados de abuso sexual sejam enviados à comissão criada por ele em 2013 para avaliar os casos de pedofilia.
Nesta quinta, o papa fará uma videoconferência com quatro estudantes com deficiência, incluindo um brasileiro.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber