Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Chuva forte deixa cidades do litoral norte de SP em estado de atenção

.

RICARDO HIAR
CARAGUATATUBA, SP - As fortes chuvas que atingiram o litoral norte de São Paulo desde sexta-feira (30) deixaram Caraguatatuba, São Sebastião e Ubatuba em estado de atenção.
Vários bairros ficaram alagados, houve deslizamento de terra e mais de 20 famílias tiveram de deixar suas casas, localizadas em áreas de risco.
De acordo com o diretor de Defesa Civil de Caraguatatuba, Oduvaldo Romano, somente na sexta-feira (30) o índice pluviométrico atingiu 113 mm na cidade. "Foi muita chuva em pouco tempo, que deixou pontos de alagamento na cidade inteira, até mesmo em locais que não tinham histórico de alagamentos", disse.
Segundo Romano, a chuva começou por volta das 21h de sexta e continuou por todo o sábado. Cinco famílias tiveram de ser removidas para a casa de familiares e um abrigo do município. Essas casas permanecerão interditadas por tempo indeterminado.
Em São Sebastião, conforme registro da Defesa Civil, o acumulado de chuva chegou a 300 mm neste fim de semana, causando alagamento em vários bairros. Além da costa sul, que já sofreu com temporais em dezembro do ano passado, a costa norte também registrou problemas desta vez.
Na sexta, moradores tiveram dificuldade para trafegar na região. Dois pontos de alagamento isolaram o trecho entre Canto do Mar e Portal da Olaria. Já em Juqueí, na costa sul, 20 famílias ficaram isoladas devido a um deslizamento na única via de acesso ao bairro.
Apesar de uma trégua em boa parte do domingo, a chuva forte voltou a atingir todo o litoral norte com mais intensidade na manhã desta segunda-feira (2). Em alguns bairros de Caraguatatuba, como o Morro do Algodão, os moradores ficaram ilhados em casa.
Quando a diarista Sônia Vieira Santos, 31, saiu para trabalhar, andou com a água acima da altura dos joelhos. "Eu ganho por dia e não posso ficar sem trabalhar. Já tive um grande prejuízo com essa chuva, então não dá para ficar parada", afirmou.
A casa do aposentado Ronaldo César Guimarães, 67, foi invadida pela água, no bairro Indaiá. "Fazia tempo que não chovia tanto assim. A água chegou a entrar na sala de casa, coisa que nunca tinha acontecido. Ficamos assustados com a situação, porque se chovesse um pouco mais os estragos seriam grandes", disse.
O Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais alterou de moderado para alto o alerta sobre os riscos de inundação em Ubatuba nas próximas 24 horas. A cidade já registrou nas últimas 72 horas o equivalente a 230 mm de chuva.
As ações emergenciais na cidade estão voltadas à remoção de árvores que caíram sobre vias, como nos casos dos bairros do Corcovado, Perequê-Mirim e Picinguaba.
De acordo com a Defesa Civil, os alagamentos têm relação com a maré alta, os rios cheios e o grande volume de chuvas, que tornaram o escoamento de água muito lento.
A previsão do CPTEC (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos) é de mais chuva para o litoral norte de São Paulo nos próximos dias.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber