Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Após morte de namorada, rapaz acaba executado

.

Imagem: Arquivo/JM
Imagem: Arquivo/JM

Mais um homicídio foi registrado na Vila Mariana, em Prudentópolis. Dessa vez, Erick de Oliveira Moreira, de 20 anos, foi baleado e morto na noite de sábado, 31, na rua Luiz Pinto de Carvalho.

A vítima foi alvejada com um tiro na região lateral do tórax. Segundo relatório da Polícia Militar, dois homens identificados como Reginaldo e “Snoop” teriam sido os autores dos disparos. A equipe do Bombeiro Comunitário esteve no local e resgatou a vítima. Porém, Erick não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada no hospital.

Até a conclusão desta reportagem, os suspeitos não haviam sido localizados pela PM. Terceiro homicídio em dez dias Esse foi o terceiro homicídio em apenas dez dias na Vila Mariana, em Prudentópolis. No dia 21 de janeiro, Geovane dos Santos Dominico, de 22 anos, foi assassinado com oito tiros de pistola 9 mm, segundo informações do portal Rede Sul de Notícias. O rapaz foi alvejado quando caminhava nas proximidades de sua residência na rua Rio de Janeiro. Os suspeitos atiraram na cabeça da vítima e fugiram em uma motocicleta.

O segundo caso ocorreu no dia 22 de janeiro. Na oportunidade, a suposta namorada de Erick de Oliveira Moreira foi morta a tiros. Daniele de Morais estava na frente de sua casa quando duas pessoas se aproximaram do local em uma motocicleta e atiraram. De acordo com a PM, três disparos acertaram Daniele, que não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser socorrida.

Já Erick foi alvejado com dois tiros de raspão, pois se escondeu atrás da jovem. O rapaz foi socorrido pela equipe do Bombeiro Comunitário de Prudentópolis e encaminhado até o Pronto Atendimento Municipal. No mesmo dia, ele foi liberado. Em setembro de 2014, Erick já havia sido alvejado com cinco disparos de arma de fogo na rua Afonso Pena, em Prudentópolis.

Na oportunidade, Erick sofreu ferimentos graves e chegou a ser encaminhado até um hospital de Guarapuava. Em entrevista recente a reportagem da Najuá, o Comandante da 4ª Cia da Polícia Militar de Prudentópolis, Capitão Clever, disse que algumas pessoas tinham a intenção de executar Erick. O rapaz era conhecido no meio policial e possuía passagens por porte e uso de drogas, além de outros crimes relacionados. 


Informações da Rádio Najuá

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber