Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Bombardeio do governo sírio mata 42 pessoas em Damasco

.

SÃO PAULO, SP - Pelo menos 42 pessoas morreram nesta sexta-feira (23) após um bombardeio da aviação do governo sírio contra o povoado de Hamuriya, na região de Ghouta Oriental, considerada o principal reduto da oposição na periferia de Damasco, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos. 

O bombardeio acertou pessoas que deixavam uma mesquita, pouco após a tradicional reza que ocorre às sextas-feiras. O número de mortos no ataque pode aumentar porque há muitos feridos, alguns em estado grave. Dentre os mortos há ao menos seis crianças. 

Simultaneamente, as forças aéreas do governo fizeram ataques semelhantes a um campo de refugiados em Deraa, no sul do país, matando pelo menos cinco pessoas, dentre as quais uma menina. 

O Observatório já havia informado ontem que, desde terça-feira (20), as forças do regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, realizaram um total de 243 bombardeios, que causaram a morte de pelo menos 92 civis, oito deles menores de idade. 

As autoridades aumentaram nos últimos dias os ataques aéreos em diferentes áreas do país pela melhoria das condições meteorológicas. 

A guerra civil na Síria, iniciada em março de 2011 durante a Primavera Árabe, já deixou mais de 200 mil mortos, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas).




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber