Mais lidas
Geral

Governo não decretou luto oficial pela morte de brasileiro na Indonésia

.

Ao contrário do vem sendo divulgado nas redes sociais, a presidenta Dilma Rousseff não decretou luto de três dias pelo falecimento do brasileiro Marco Archer, condenado à pena de morte na Indonésia.

Também não é verdadeira foto que circula na internet com a bandeira do Brasil no Palácio do Planalto a meio mastro.

No dia da execução do brasileiro, Dilma lamentou a morte de Marco Archer e se manifestou indignada com a pena imposta pela justiça da Indonésia.

Mesmo consciente da gravidade do crime que levaram à condenação do brasileiro, a presidenta ainda dirigiu, pessoalmente, um apelo humanitário ao presidente indonésio, Joko Widodo, pela clemência do réu. No entanto, o pedido não foi acolhido.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber