Mais lidas
Geral

SP tem 400 mil clientes sem luz e 120 semáforos com falhas após temporal

.

SÃO PAULO, SP - A cidade de São Paulo ainda registra, na noite desta terça-feira (13), alguns transtornos em decorrência do temporal que atingiu a capital paulista entre a tarde e a noite de segunda (12). Cerca de 400 mil clientes continuavam sem luz e mais de 120 semáforos tinham falhas, por volta das 19h20.
A chuva de segunda provocou alagamentos, fechou aeroportos e afetou a circulação de trens na cidade. Também foram registrados ventos de até 85 km/h, o que provocou as quedas de árvores. Apenas na segunda, foram 58 árvores caídas, mas outras foram registradas no decorrer dessa terça, embora o balanço final da prefeitura ainda não tenha sido divulgado.
Segundo a Eletropaulo, ao menos 78 árvores de grande porte caíram no temporal de segunda. Além das quedas de árvores, o vento e os mais de 8 mil raios registrados foram responsáveis pela falta de energia que chegaram a atingir 800 mil clientes. Na noite desta terça, 400 mil pessoas ainda estavam sem energia, segundo a empresa.
Apenas na avenida Escola Politécnica, a Eletropaulo aponta 13 árvores caídas, o que ainda deixava a região sem luz por volta das 19h20 desta terça. Entre os bairros afetados estão Brooklin, Campo Belo, Moema, Ibirapuera, Morumbi e Butantã.
A advogada Neusa Penha Gava Otero, 66, que mora no condomínio Parque dos Príncipes, na zona oeste de São Paulo, teve de pedir para o segurança levar o celular dela para carregar na portaria. "Eu moro sozinha e não tenho a quem recorrer. Meu motorista e minha empregada não vieram trabalhar hoje porque a casa deles destelhou", disse.
Um grupo de moradores fizeram um protesto, no início da noite, na região de Paraisópolis, por conta da falta de luz. O ato teve início por volta das 16h30, na avenida Hebe Camargo, a antiga Perimetral, e reuniu em torno de 80 pessoas, que fecharam vias da região com entulhos e fogo. Um PM foi ferido.
A Eletropaulo informou que possuiu 1.750 circuitos, que fazem a distribuição de energia elétrica. Durante a chuva desta segunda, 96 circuitos desligaram simultaneamente. Ao todo, a companhia atende a 6,8 milhões de pessoas em São Paulo e em mais 23 municípios da região metropolitana.
Dos 6.138 cruzamentos com semáforos da capital paulista, cerca de 134 ainda estavam com problemas por volta das 17h desta terça, de acordo com balanço divulgado pela CET. A companhia informa que a falta de energia nos semáforos é em decorrência da forte chuva desta segunda que ocasionou quedas de árvores na rede elétrica.
A capital paulista voltou a ter pancadas de chuvas no final da tarde desta terça, mas não chegou a provocar estragos como os registrados segunda. O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência), da prefeitura, deixou a zona sul e a marginal Pinheiros em estado de atenção para alagamento por cerca de um a hora.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber