Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Próxima edição do semanário Charlie Hebdo terá caricaturas de Maomé

.

A próxima edição do semanário satírico francês Charlie Hebdo, nas bancas a partir de quarta-feira (14) – a primeira depois do atentado, vai incluir caricaturas de Maomé e ter uma tiragem de um milhão de exemplares.

O advogado da publicação, Richard Malka, garantiu à rádio France Info que a revista vai incluir outras sátiras sobre políticos e religiosos.

"Nunca vamos ceder. Se não, nada disto teria sentido", frisou o advogado e colaborador do semanário, onde dois homens armados mataram na quarta-feira (7) 12 pessoas, supostamente em represália pela publicação de caricaturas do profeta do Islã.

No domingo, 3,7 milhões de pessoas manifestaram na França contra o terrorismo.

O jornal Charlie Hebdo tem tiragem de 60 mil exemplares, mas a edição de quarta-feira terá um milhão e será traduzida em 16 idiomas, explicou um dos caricaturistas, Patrick Pelloux.

"Terá uma difusão excepcional como gesto de vida e sobrevivência", disse o advogado. Para Malka, o lema tornado popular depois dos atentados "Eu sou Charlie" é um "estado de espírito, que também quer dizer o direito à blasfêmia" e, por isso, a nova edição vai incluir caricaturas de Maomé.

O atentado de quarta-feira matou oito jornalistas e caricaturistas do Charlie Hebdo.

Os jornalistas do semanário satírico estão trabalhando nos escritórios do diário Libération, protegidos por um considerável aparato policial.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber